Eu devo dar muito trabalho a Deus.

Eu sempre ouvi dizer que Deus surpreende a gente. Essa ideia sempre me chamou a atenção porque sendo eu uma pessoa altamente imaginativa fico pensando que me surpreender deva dar um trabalhão. Eu sempre acreditei, imaginei, desejei, sonhei com as coisas mais surreais possíveis. E ao mesmo tempo sempre fui feliz com as pequenas coisas, com as possibilidades menores e com os sinais. Sim, ainda não realizei muita coisa do que sonho, e às vezes os sinais que a vida traz, como que vislumbres do que se tornará real já me fazem muito feliz, mas não me contentam. Eu bem acho que sou uma pessoa grata, e não entendo que esse descontentamento seja uma forma de ingratidão, mas sim de perseverança em continuar buscando aquilo que sempre sonhei. No entanto, em cada conquista, cada sinal, cada pequeno vislumbre que recebo no caminho, me sinto grato e feliz. Tantas vezes passa pela cabeça a sensação de que o tempo não está muito a meu favor, pois o tempo das coisas definitivamente não é o nosso tempo, e apesar de já ter entendido isso, é natural que eu me sinta meio sem paciência vez ou outra. Compreender algo torna as coisas mais leves, mas não nos livra de sentir algum desconforto. E nessa esperançosa luta salpicada de pequenos deleites me pego pensando: como será possível eu ser surpreendido com algo muito além do que aquilo eu pedi ou pensei, já que eu peço e penso com tanta imaginação? Taí um mistério que eu não faço ideia mas que tô doido pra descobrir. Talvez seja esse o motivo de tanta "demora". Acho mesmo é que Deus deve tá tendo um trabalhão pra pensar e realizar as surpresas que superem essa imaginação aqui (haha), e que não para um segundo de brincar (risos).


Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© Copyright 2019 Rico Ayade. All rights reserved.