Dono de uma voz suave e um timbre marcante, Rico nos revela um trabalho completamente autoral cheio de identidade, com indiscutível originalidade. Suas letras são pequenos contos, crônicas de uma vida real, de encontros e desencontros de amores e amigos. Rico é um artista com todo o poder da palavra: cantor, compositor, poeta, ator e, antes de tudo, humano, muito humano.

Baiano radicado em São Paulo, Rico lançou no final de 2012, o seu primeiro disco autoral, o "Distraído". Em janeiro de 2015 subiu ao palco do Circo Voador, para abrir o famoso projeto Verão do Rio, a convite da cantora Mart’nália. Ainda nesse ano, realizou shows na Sala Baden Powell, no Rio de Janeiro, esgotou ingressos de shows autorais em São Paulo e integrou a programação do Festival Rock no Vale (SP), com artistas como Tiago Iorc e a Banda Mais Bonita da Cidade e do Festival Rio, Pipoca e Biscoito, ao lado de Alcione, Zélia Duncan, Jacques Morelembaun, entre outros.

Criou o “Sarau do Rico”, evento no estilo festival, realizado em São Paulo, que visa democratizar os palcos da cidade, e já contou com participações de ANAVITÓRIA, Zéu Britto, César Mello, SANDAMÍ, Dois é Par, Estêvão Queiroga, Thomas Meira, Labaq, e muitos artistas da cena independente da cidade.

Durante os anos de 2016/17 lançou 5 singles. Também em 2017 lançou seu segundo álbum autoral, “Atravesso” e integrou o line up do "Festival Rio Pipoca e Biscoito", dentro da programação do Festival de Cinema do Rio, no Teatro Rival (RJ), além de apresentar seu espetáculo homônimo ao disco em casas de show e teatros de São Paulo.

Em 2018 participou do projeto Showlivre, o que gerou um álbum ao vivo, com canções inéditas.

 

Em 2019 lançou 7 singles e 2 álbuns. O álbum "Canções Para Curar Um Grande Amor", que tem duas versões, sendo uma de estúdio e acústica, ambos com participações de artistas como Zeca Baleiro e Illy.

 

© Copyright 2019 Rico Ayade. All rights reserved.